Banido

Rússia barra calendário por considerar propaganda gay.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2017

Exatamente o que você leu na manchete: o popular calendário inglês anual Warwick Rowers, que é vendido para todo o mundo, foi banido da Rússia. Está acontecendo assim: eles chegam ao País e retornam – ou seja, quem arrisca comprar a obra acaba não recebendo.

Como tem sido regra, o país não aponta um motivo, apenas o devolve. Na prática, o fato de a alfândega russa rejeitar o calendário não é nada em comparação com o sofrimento das pessoas LGBT por lá, mas escancara o problema. Triste, não?

Comentários (6)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 14-12-2017 às 17:59 Edu
    O outro já deduz que são afeminados por fotografia! Aliás, qual o problema em ser afeminado? O que mais tem aqui no Brasil é viado metido a machão, gente sem espelho em casa, fingindo ser uma coisa que nem na sombra é. Que saco esse tipo de postura!
  • em 08-12-2017 às 10:36 Betão RJ
    São lindos, uma pena não divulgarem! Homens são sempre homens, não importa se são másculos ou afeminados!
  • em 08-12-2017 às 09:35 ADOBAO
    PUDERA... MODELOS MUITO, MUITO, MAS MUITO AFEMINADOS... quebra o tesão por inteiro. ATÉ DAS AUTORIDADES RUSSAS.... kkkkkkkkk
  • em 08-12-2017 às 07:38 Romanosvky
    Totalmente gay !!!!!!!
  • em 07-12-2017 às 19:27 Lipe
    Já no Brasil... recebemos sem problema.
  • em 07-12-2017 às 18:01 Diego SP
    Vou fazer minha parte. Não vou assistir os jogos da copa nesse país lixo.