Invasão Zumbi

Vem aí a segunda temporada do Acampamento do Palhaço 2018!

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 05 de Outubro de 2018

Devido ao grande sucesso de nossa série Acampamento do Palhaço, que estreou ano passado, resolvemos fazer uma segunda temporada para comemorar o Halooween!

Desta vez, os amigos passam o fim de semana no acampamento, onde escutam várias explosões. Raul vê no noticiário que essas explosões produzem um gás tóxico, e quem fica exposto à ele acabará se transformando em um morto-vivo. O gás alcança o acampamento, e o primeiro a sofrer a mutação é o caseiro, Robson. Um a um, eles vão se transformando...

Quem permanecerá humano? A partir de domingo, você poderá conferir o desenrolar desta trama envolvente.

Participam da série os atores veteranos Raul, responsável por todos os vídeos de bastidores publicados no IGTV do Instagram, o cearense David, Robson, Lucas e Bruno, e os novatos Johnny, Nicola, Tony, Oliver e Giovani.

Comentários (20)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 09-10-2018 às 09:55 Jorge Jorge
    Vejam só: qual é a maior demanda hoje do povo brasileiro, principalmente dos milhões de pobres honestos que vivem em comunidades carentes? A debelação da bandidagem. Ponto. Esta é a principal demanda. Madonna usa seguranças israelenses e nem pisa aqui. Mercury anda de carro blindado. Wyllys tem proteção 24 horas da Polícia Federal. A pobreza pena na mão de bandidos e milicianos, que ultimamente, para piorar as coisas, resolveram se unir. Aí nós elegemos o Haddad e ele reagrupa a quadrilha que assaltou o país, revitaliza a bandidagem armada pelo PT e traça um projeto de cem anos de poder e condução do país à venezuelização. Lei de Murphy, meus caros. Simples assim: Lei de Murphy. De modo que se, nós, brasileiros, independentemente de nossa sexualidade, desejamos fazer uma aposta esta aposta, no momento, tem nome: Jair Messias Bolsonaro. Profundamente honesto, cercado de notáveis, EXTREMAMENTE COMPROMETIDO com a população que o elegeu, Bolsonaro é o único que poderá debelar a bandidagem, unir os brasileiros (expurgar a odiosa ideia de "minorias") e retrazer o Brasil para os eixos.
  • em 08-10-2018 às 17:33 Biba Bolsonariah
    Digo não se dobrou rsss é resquício da ressaca rs
  • em 08-10-2018 às 17:32 Biba Bolsonariah
    Aqui o estado do RJ meu candidato a federal se elegeu . Votei na Marcelo Calero porque eu me sinto representado por ele . É UM HOMOSSEXUAL ASSUMIDO .E quando foi ministro da cultura da Temer ao se dobrou aos caprichos da Geddel e denunciou as maracutaias e Geddel teve que sair de super ministro e logo deposi encontraram aquela dinheirama o apartamento dum amigo 54 milhões in cash kkk mas a queda dele começou com a Calero ...
  • em 08-10-2018 às 15:19 Jorge Jorge
    Se você tomar os milhões que somos de homossexuais em SP, verá com facilidade que essas bandeiras de ódio, semeadas pelo militância GLBT, caiu em absoluto DESUSO. Os gays simplesmente NÃO SE VEEM REPRESENTADOS em virtude de sua sexualidade, mas, sim, por serem brasileiros, como todos os demais. E aí, as opções, como todo mundo, variam bastante, de Boulos a Bolsonaro. Ou seja, MILITÂNCIA GAYZISTA: a Wyllys e a Aquilla estã aí para provar: ou vocês ABANDONAM esse tema e deixam de EXPLORAR a já sofrida homossexualidade das pessoas, como se moeda fosse, ou vocês estarão fadados ao ESQUECIMENTO.
  • em 08-10-2018 às 15:15 Jorge Jorge
    Não desejo depreciar ninguém, mas é impressionante como a militância GLBT foi rejeitada nesta eleição. Vejam o desempenho da Léo Aquilla, em G1: A cantora, performer e jornalista trans Léo Áquilla, ou Leonora Áquilla, não se elegeu deputada federal por São Paulo. Seus pouco mais de 6,5 mil votos não foram suficientes para garantir um lugar na Câmara. Em 2016, também disputou vaga na Câmara Municipal de São Paulo. Prometia utilizar de sua influência para lutar pelos direitos da comunidade LGBT.
  • em 08-10-2018 às 11:31 Biba Bolsonariah
    Gente eu nao voto em candidato que diz defender apenas gays porque é mentira os que dizem isso . Defendem apenas a si mesmos . A pessoa tem que exercer o mandato para todos . Nem a Leo Aquila conseguiu se eleger acho que o Tammy também não . Gete eu quero ver la no congresso quado estiverem de frente o Frota com mais de 100 mil votos e a Jean com 24 mil kkkkkkk vou rir muito .
  • em 08-10-2018 às 09:40 Jorge Jorge
    Ela, a Wyllys, usa do gayzismo à exaustão. Sua militância mostrou claramente que os gays desejam ser apenas cidadãos. Só isso. Pessoas que amam, que erram e acertam, que adotam crianças, leem livros, montam peças teatrais, têm iniciativas empresariais. Pessoas que têm maridos, como eu tenho o meu, filhos, biológicos ou adotados, cachorros. Pessoas que querem paz, não militância. Que querem dormir mais tarde domingo pela manhã, sem precisar ir para o vão do Masp enfiar crucifixos no ânus em nome de interesses empresariais obscuros de GLBTs. Pessoas que querem se assumir, sem escandalizar. Que querem ter o prazer de apresentar o namorado, a namorada, a seus avós, sem choques, sem sandálias, sem saltos altos, sem calcinhas no rego. Pessoas sem gueto, sem bustustões, sem minorias, sem diferenciações baseadas em suas próprias sexualidades. Pessoas, enfim. Jean Wyllys e toda essa militância infame do mundo gay não aceita que sejamos apenas pessoas. Mas nós, teimosamente, queremos ser apenas pessoas.
  • em 07-10-2018 às 23:23 Biba Bolsonariah
    CHUUUUUUUUPPAAAAAAAAAA kkkkkkk a Jean teve uma votação irrisória pra quem se gabava de a eleição passada ter mais de 145 MIL VOTOS CAIU BEM HEIN kkkk bem feito . Bolsonaro 17
  • em 07-10-2018 às 20:57 Jorge Jorge
    Jean Wyllys foi reduzido ao tamanho que sempre mereceu. Não fosse a esdrúxula lei eleitoral brasileira, sequer se elegeria. Haddad só passou ao segundo turno porque a imprensa massacrou de tal forma e as pesquisas mentiram de tal forma que isso acabou forçosamente ocorrendo. Mas a votação da Wyllys me dá um alento: NÓS, GAYS, ESTAMOS ABRINDO NOSSOS OLHOS! GLBTs, queridos, atenção: NÃO SERÁ MAIS TÃO FÁCIL ASSIM MENTIR PARA A GENTE!
  • em 06-10-2018 às 23:10 Jorge Jorge
    Eu também quero ver os garotos. Amo mais homem do que todas vocês, unidas. Acreditem: sou mais - bem mais - veada do que todas aqui. Mas o momento é de reflexão. O PT nos quer como raposas que odeiam heterossexuais, nos quer como bichos políticos, nos quer como bois. Bolsonaro nos quer iguais, porque, no fundo, acredita que somos iguais, no que está certíssimo. Pensem, bios: ou apostamos na liberdade ou apostamos em gueto, em minorias, em comunidades. Digam-me: vocês querem ser minorias? Você, trans, que batalha em seu salão, em seu emprego, quer ser minoria? Você, amada, que paga aquele bofe pra mamar a rola dele, mas paga com dignidade, porque paga com seu dinheiro, sem dever nada a ninguém, quer ser gueto, quer ser minoria? Claro que não, amadas. Claro que não. Então, para sermos só nós mesmas, com nossos erros, mas com nossa dignidade, deixemos firulas de lado e apostemos: Bolsonaro! 17
  • Mostrar mais comentários...