Cedo demais

Ex-ator pornô gay Kyle Dean morre aos 21 anos.

por Redação MundoMais

Terça-feira, 09 de Outubro de 2018

Famoso por estrelar filmes por produtoras como a GayHoopla e Corbin Fisher, o ex-ator pornô gay Kyle Dean foi encontrado morto casa de sua mãe em North Providence, Rhode Island, nos Estados Unidos, no último dia 28 de setembro.

Apesar de não ter sido oficialmente divulgada, o amigo e colega das produções homoeróticas, Damien Kyle disse em seu perfil no Twitter que a causa da morte estava relacionada a drogas depois que ele não conseguiu “largar o hábito”. O astro pornô já havia sido preso várias vezes por acusações de drogas e roubo.

“Não importa o quanto você tente mostrar a alguém que há uma vida melhor sem drogas, eles não parecem se importar … é muito difícil largar o hábito e por essa mentalidade perdi um amigo muito próximo de mim”, escreveu Kyle.

Nos últimos quatro anos, Kyle Dean atuou em mais de 20 produções, e fez aparições em vários eventos pró-LGBT.

Comentários (14)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 15-10-2018 às 15:59 adeildo
    que jesus coloque sua alma em um bom lugar.
  • em 14-10-2018 às 21:05 Alex
    Que ele fique em paz, Lindo
  • em 14-10-2018 às 03:47 Juan
    Porra !!! Até aqui falando de politica.Esse lixo vai ganhar mesmo já sabemos.
  • em 13-10-2018 às 21:33 Itamar
    Lindo de mais
  • em 11-10-2018 às 10:42 Jorge Jorge
    Obrigado, Leonardo. Mas, querido, não sairei. Saia você das presas do gayzismo GLBT. Vem ser feliz!
  • em 11-10-2018 às 10:24 Estevao
    O Kyle , que é o verdadeiro assunto que interessa aqui, era lindo! Vão ficar as lembranças e o aviso: DROGAS , NUNCA!
  • em 11-10-2018 às 10:23 Só de olho
    Conheço quem é eleitor de Bolsonaro, antipetista firme, mas que ama cheirar um pó. Em toda festa dele tem! Também conheço policiais que estão loucos para espancar viados quando o Bolsonaro ganhar, e , relaxadamente, nas suas folgas, são maconheiros de carteirinha. BANDO DE HIPÓCRITAS!
  • em 11-10-2018 às 09:18 Leonardo
    Mas o que é que esse palhaço tá falando de Bolsonaro? Sai daí maluco!
  • em 10-10-2018 às 17:51 Jorge Jorge
    É um engano seu, Cara Laio. É caso de saúde pública, sem dúvida, mas de polícia também. Liberar as drogas é anistiar Comando Vermelho, PCC, Amigos dos Amigos. Seria o pior dos mundos. Mas, com Bolsonaro, não corremos esse risco. O correto seria esperar dele forte repressão ao tráfico, ainda que isso implicasse impor restrições severas a países como Bolívia, Paraguai, Colômbia e Peru.
  • em 10-10-2018 às 09:18 Cara Laio
    Drogas assim como tabagismo e alcoolismo são vícios devem ser tratadas como problemas de saúde pública. A repressão apenas alimenta o lucro do tráfico.
  • Mostrar mais comentários...