Sem discriminação

Sérgio Moro afirma que não haverá perseguição a gays no governo Bolsonaro.

por Redação MundoMais

Quarta-feira, 07 de Novembro de 2018

O juiz federal Sérgio Moro disse nesta terça-feira (6) que atuará no comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a partir de 2019, utilizando o modelo da Operação Lava Jato para combater o crime organizado e que vai trabalhar sem "perseguição política". Moro afirmou ainda que recebeu a sondagem para participar do governo Bolsonaro em 23 de outubro, antes do segundo turno.

Minorias

Famoso no país por comandar a Operação Lava-Jato durante 4 anos, Moro disse que "não existe qualquer possibilidade de discriminação contra minorias."

"Todos têm direito à segurança pública. Crimes de ódio são intoleráveis", acrescentou e afirmou que se for necessário a Polícia Federal combaterá esse tipo de crime.

"Não existe nada de política persecutória contra homossexuais e outras minorias. Não existe nada disso na mesa ou sendo gestado; nenhuma intenção de política discriminatória. As minorias vão poder exercer seus direitos livremente. Não vejo nada além de receios infundados", destacou.

Caso Marielle

O futuro ministro também mencionou o assassinato da vereadora Marielle Franco, do Rio de Janeiro, e seu motorista Anderson Gomes, em 15 de março. "Não desconheço o problema que envolve o assassinato da ex-vereadora Marielle Franco e do senhor Anderson Gomes", disse ele. "Eu acho que é um crime que tem que ser solucionado. Eu, assumindo o ministério, pretendo me inteirar melhor dessas questões e ver o que é possível fazer no âmbito do ministério."

Comentários (24)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 10-11-2018 às 18:49 Para Russa, a recalcada
    Calma filhota, para que toda essa revolta no coração? Se liga rapaz, quem é você na fila do sus, para querer humilhar alguém? Quem não existe é você, um ser arrogante, nojento, que vai feder como todos debaixo da terra! Por tanto, MENOS, bem menos mana, não seja um ser lixento, seja um ser humano de valor!
  • em 10-11-2018 às 17:56 André
    Quanto a um cara que comenta em todas as postagem do mundo mais, tem sexo oral e lá está ele elogiando o Bolsonaro... Creio que se trata de mais um desses meninos pagos com o caixa 2 da eleição do Bolsonaro. Mas caixa 2 quando a pessoa pede desculpas está tudo bem, como disse o Moro sobre o ministro que está em regime semiaberto. VAMOS FALAR EM CORRUPÇÃO? Me diga alguém limpo junto ao bolsonaro.
  • em 10-11-2018 às 17:54 André
    Fala o homem casado com uma mulher homofóbica. Se alguém tiver cursiosidade vejam a postagem da esposa do digníssimo Moro logo após o movimento #elenão... Pegou uma colagem de mulheres com peito de fora, juntou coma linda foto do menino com a testa escrito viado ao lado da mãe que tinha escrito "mãe de viado" e escreveu algo do tipo "absurdo é votar corrupto" . A imagem é uma colagem de misoginia (pois colocava o movimento como sendo "PUTARIA" por ter mulheres de peito de fora com um que desaguava na homofobia. Dizai em imagens: É esse país de putas e viados que vocês querem?" Criminalizar a homofobia é fundamental porque a lei penal, acima de tudo, deve ser educativa! A punição genérica apenas serve para lotar presídios.
  • em 09-11-2018 às 10:43 RUSSO
    ...FALO O QUE EU QUISER , ONDE EU QUISER ... POUCO ME IMPORTA O QUE VC PENSA , PARA MIM VC NÃO EXISTE !!!!!!!! EU SOU VIADO E NÃO ESTOU COM MEDINHO !!!!!!!! PRECISAM DE LARGAR DE FRESCURAS .... QUEM ME BATE LEVA ....
  • em 08-11-2018 às 22:29 Rainha
    Este governo sera um lixo...mas nem na ditadura os LGBT baixaram a cabeça...nao vai ser p este bando de escrotos q baixaremos...
  • em 08-11-2018 às 14:38 Jorge Jorge
    Agora, com uma coisa foi dita aqui, concordo plenamente: aquele gay idoso, careca, cujo nome agora não me ocorre, fazendo gracejos ao Bolsonaro, ficou muito mal. Passa a ideia, bem anos 1980, de que nós, gays, não somos sérios, somos uns abobados, a divertir machões heterossexuais. Muito ruim. Péssimo. Esse Bolsonaro precisa urgentemente de alguém que o atualize. Esperamos que o faça.
  • em 08-11-2018 às 14:25 Jorge Jorge
    O Movimento GLBT - eu entendo isto perfeitamente - tornou-se meio de enriquecimento, a muitos grupos, durante o governo petista. Bastava ir à Brasília, fechar com o PT e a grana fluía. E era pesada. E era farta. Mas eis que a tempestade aprontou-se no horizonte. O Estado (assim, com "e" maiúsculo) será devolvido ao povo. A todas as gentes, sejam elas gays ou não. E, quando o Estado é devolvido ao povo, como Bolsonaro ameaça fazer, aqueles que detinham o Estado caem no mais absoluto desespero. Então xingam e choram e agridem e atiram pedras...
  • em 08-11-2018 às 13:03 Miquei mauser analfa
    Vão se fuder, todos os preconceituosos, racistas e etc...! Viva o amor, a paz, união!!!
  • em 08-11-2018 às 12:45 Para Russo
    Você disse; ((os Viadinhos estão com medinho!)) Pois é meu camarada, a sua hipocrisia fede, me da nojo! Um viadão encubado, falando merda em um site 100% gay! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ai ai, é pra acabar mesmo! Hipocrisia, falta de vergonha na cara, nós vê por aqui, plim plim!
  • em 08-11-2018 às 11:29 Marco Aurélio
    As mulheres e gays exaltaram-se por fatos isolados de revide do Bolsonaro a mulheres abusadas de língua ferina. Até eu, gay, faria como ele, se for insultado por qauisquer delas. O PT compilou vídeos de vários incidentes envolvendo mulheres para descaracterizá- lo, contudo o tempo mostrou que era tudo balela. E em relação à homofobia que lhe impuseram, partiu do seu desentendimento com Jean Willys. Estamos livre da esquerda petista e fascista. Agora teremos um país com melhor visão pela Europa e EUA. Adeus Césare Battisti, terrorista do caralho; estamos com os EUA em Jerusalém, e mudaremos a concepção arcaíca de um Brasil anacrônico. Sou, ele, transplantado, após a humilhação que destilei nestas páginas contra a saúde pública, e renascido para fazer justiça!!!!
  • Mostrar mais comentários...