Diversidade, sim!

Amor lésbico é celebrado por Camila Pitanga e Bruna Linzmeyer em clipe de Letrux.

por Redação MundoMais

Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2019

Camila Pitanga e Bruna Linzmeyer aumentam o coro pela diversidade e o amor lésbico. A dupla de atrizes se reuniu no clipe Ninguém Perguntou por Você, de Letrux.

A pedrada já começa assim, “há muitas maneiras de falar sobre ódio. Uma delas é não falar sobre ele, é falar sobre amor”. A fala é da atriz Bruna Linzmeyer em conversa com a revista Rolling Stone.

Camila Pitanga não pensa diferente. “Vivemos um tempo em que é urgente falar do fundamental. Amor é fundamental em todas as suas possibilidades. Amor não pode ter limite, precisa ser multiplicado em forma e volume. Precisa ser presente, urgente”.

Noite de Climão é o nome do disco, segundo da carreira, lançado por Letícia Novaes, a Letrux. Assim como no trabalho de estreia, intensidade e sentimentos dão o tom. O videoclipe de Ninguém Perguntou Por Você, foi disponibilizado no domingo (10).

Bruna se mostrou animadíssima em trabalhar com Letrux. “Acho que tudo isso já responde sobre minha euforia de fazer esse clipe. Ainda mais dessa música, irônica e doce, dolorida e cheia de sonhos, tudo ao mesmo tempo. Vestir vermelho, sorrir e dançar ao lado da Camila, essa mana que admiro há tanto tempo, por quem tenho tanto carinho, foi só alegria. Nossa equipe pequenina, entre amigues. Foi um processo bonito, de boas conversas, boas risadas entre Pedrinho, nosso diretor, e nós. Frames tecidos com amor e sobre amor”, encerrou.

Comentários (4)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 12-02-2019 às 22:52 DaPaz
    Sejam mais condescendentes viados. Sao grupos assim q lutam por vcs.
  • em 12-02-2019 às 22:30 Marcos DF
    A realidade e uma sò : O ser humano anda muiiiiiiito chato . Essa geração mimimi jà tà dando no saco - tudo è motivo para serem os senhores da razão : Viva e Deixe Viver ...
  • em 12-02-2019 às 22:15 Bolsonaro é o Caralho!!!
    Por que o ódio generaliza, uniformiza, dissolve a diferença e a transforma em ressentimento. A alegria liberta, singulariza, diversifica, deixa ir... Na resistência tem afeto, tem encontros, tem amor... No ódio não... Ninguém perguntou À você...
  • em 12-02-2019 às 17:24 Missionera Cruzares
    Xatu pra caralho!!!!