Cordão do Peito Oco

Misto de bloco de Carnaval e peça de teatro invade o Arouche.

por Redação MundoMais

Sexta-feira, 01 de Março de 2019

Integrantes d'A Próxima Companhia ensaiam seu "Cordão do Peito Oco", mescla de bloco e peça teatral que ocupa o Largo do Arouche na sexta (1º)

A Próxima Companhia puxa, na sexta (1º), seu “Cordão do Peito Oco”, mistura de bloco e espetáculo teatral, no largo do Arouche.

Circulando ao redor da praça, a peça interativa propõe uma série de intervenções dramáticas no local para discutir o embate entre a comunidade LGBT, historicamente presente na região, e o atual processo de gentrificação do centro.

A inspiração é o clássico grego “Sete contra Tebas”, de Ésquilo, e o projeto inclui ainda intervir em seis outros territórios em disputa em São Paulo —o próximo é a comunidade do Moinho, também no centro.

Lgo. do Arouche, s/ nº, República, região central. Sex. (1º): 18h30. GRÁTIS

Comentários (11)

Atenção: Insultos e comentários em desacordo com o tema poderão ser despublicados.

  • em 07-03-2019 às 09:21 RonaldoMG
    Mas é só o Bolsonaro meter grana neles que todos virão Bolsonaretes no outro dia o que eles querem é grana
  • em 07-03-2019 às 09:20 RonaldoMG
    Nem todo gay se submete a essa mentiraiada toda GLBT só isso
  • em 06-03-2019 às 19:06 me poupe
    gay que fica contra o outros gays não tem moral , to com nojo desses comenterios
  • em 06-03-2019 às 19:06 me poupe
    o que tem na cabeça dessas gays idiota para fica nos comentarios desmerecendo os outros gays ,que povo chato
  • em 06-03-2019 às 19:01 Fordeco
    Ninguém gosta desses caras são chatos se acham nao animam porra nenhuma e ainda acham que fazem arte. Arte a porra.
  • em 06-03-2019 às 10:33 Bolsonaro é o Caralho!!!
    Sim tudo pode... pode ter alegria e entender que o belo e o feio são apenas concepções que mudam e que precisam ser contestadas. Padrões? Para que... Nós, Vale do Jequi, não somos padrões, não se esqueça disso. Somos tolerados por essa sociedade, apenas. E que bom que existe a arte para por abaixo os padrões. Basta saber interpretar...
  • em 06-03-2019 às 09:25 Cú de girafa
    Escrotos é pouco, uma verdadeira BOSTA!!!!!!
  • em 04-03-2019 às 15:31 Cu do Cachorro
    Fui conferi ao vivo. São uns escrotos!
  • em 02-03-2019 às 14:26 Vale do Jequitinhonha
    Pelo visto, são chatos pra cacete. É impressionante como um bando de malucos, sem pé nem cabeça, invadiu a arte brasileira e a transformou num besteirol mambembe incorrigível. É impressionante como o feio tornou-se o belo, nos últimos anos. E a vida cedeu lugar ao tudo pode. Se o traveco balança a benga no Arouche, enquanto a mãe passa com o bebê de colo e o outro de dois anos, isso pode. Tudo pode. Tudo está liberado. Uma zombaria do belo e do puro. Uma troca irremediável do lírico pelo asgo.
  • em 01-03-2019 às 12:50 Ovu Fritu na mantega.
    Tá!
  • Mostrar mais comentários...