Gabily fala de rejeição da família ao irmão gay: Foi expulso de casa

Cantora falou sobre processo de acolhimento ao irmão em entrevista ao podcast 'Vaca Cast'.

por Redação MundoMais

Quinta-feira, 04 de Agosto de 2022

A cantora Gabily revelou em entrevista ao podcast "Vaca Cast" que seu irmão gay foi rejeitado pela família e que, inclusive, chegou a ser expulso de casa.

"Quando meus pais se separaram, minha mãe teve que continuar trabalhando, e um casal - que eu considero meus segundos pais -tomava conta de mim. Nessa época meu irmão de criação se assumiu gay e este meu segundo pai era pastor. Meu irmão foi expulso de casa porque este meu pai não aceitava", contou a artista.

A funkeira revelou ainda que, por conta da igreja, vivia em uma "bolha muito fechada"

"A minha igreja era Assembleia de Deus, então era muito rígida. Eu não podia nem passar um esmalte", contou Gabily na entrevista.

A cantora disse também que sempre apoio o irmão e que o ajudou durante a fase difícil quando ele foi expulso de casa.

"Na época eu trabalhava como menor aprendiz, indiquei meu irmão pra trabalhar, ele conseguiu e foi viver a vida dele. Eu passei esse processo com ele também, de preconceito, de aceitação dos pais, dele ser gay", disse.

Para a cantora, todo o trauma serviu de inspiração para o seu trabalho, que ela hoje faz questão de evidenciar o público queer.

"Eu vivi tudo isso muito de perto, então eu decidi que queria dar voz a isso, mesmo que eu não seja uma pessoa bissexual. Eu quero dar voz ao público LGBTQIAP+. Hoje estamos conseguindo falar abertamente mais sobre isso, mas quando eu comecei na música há seis anos atrás ainda era uma incógnita falar sobre isso", concluiu.

Comentários (1)
  • em 11-08-2022 às 23:44 Rennan
    Tomara que seja real a historia e não um conto do vigário para querer lacrar a qualquer custo...